Plano de comunicação: como definir um para a sua marca

O plano de comunicação é uma ferramenta essencial para que a sua empresa transmita uma mensagem clara e específica, atingindo os objetivos desejados. É com esse planejamento que você será capaz de identificar a voz da sua marca, qual a mensagem a ser passada e os canais utilizados para chegar a isso. 

De acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo portal Community Tool Box da Universidade de Kansas (Estados Unidos) o plano de comunicação consiste na resposta às seguintes perguntas:

  • Por que você quer se comunicar com a comunidade? (Qual é o seu propósito?)
  • Para quem você deseja comunicá-lo? (Qual é o seu público?)
  • O que você quer comunicar? (Qual é a sua mensagem?)
  • Como você deseja comunicá-lo?  (Quais canais de comunicação você usará?)
  • Com quem você deve entrar em contato e o que deve fazer para usar esses canais? (Como você realmente distribuirá sua mensagem?)

Pode parecer simples a princípio, mas a construção de um plano de comunicação pode levar tempo para ser concluído. Inicialmente as respostas dessas perguntas irão direcionar o seu plano de ação, em seguida você deverá executá-lo. 

Por que desenvolver um plano de comunicação?

1. Economizar tempo. O plano de comunicação vai demandar bastante tempo, esforço e dedicação para ser construído. Portanto, fazer isso inicialmente pode te poupar muito lá na frente por que você saberá exatamente o que deve fazer em qualquer ponto do seu processo. 

2. Comunicar com precisão. Essa é uma das palavras-chaves desse tipo de planejamento. É através dele que você terá um direcionamento preciso para determinar quem você precisa alcançar e como fazer isso.

3. Pensar a longo prazo. Antecipar os obstáculos e estar preparado para lidar com os imprevistos será uma das vantagens do seu plano de comunicação. Em outras palavras, você sabendo todo o seu processo comunicacional fica mais fácil de melhorar o seu perfil e refinar a sua imagem com a comunicada no longo prazo. 

 

Crie um calendário de ações

Tenha prazos. Saiba que é essencial que todos os projetos estejam definidos com duração para acontecer. Cada ação terá uma específica, saiba quais são aquelas que são recorrentes e precisam ter uma periodicidade definida seja semanal, mensal ou diária e aquelas que tem data para finalizar. 

Você não necessariamente deverá cumprir os prazos pré-estabelecidos, mas tenha em mente que muitas ações deverão acontecer em paralelo e é importante saber quais os possíveis problemas que podem causar atraso na entrega. Quando você tem tudo organizado em um calendário fica mais fácil de compreender no que focar, quais atividades delegar e onde é possível encaixar novos projetos.

Avalie os resultados 

É inútil desenvolver todos os itens acima se, no final, não mensuramos os resultados. É através dessa avaliação que será possível identificar se os objetivos estão sendo cumpridos. Caso não estejam é hora de rever o processo e ver o que pode ser melhorado. 

Não fique preso a responder as perguntas ou criar um calendário, mas trate de executar as ações propostas. Nada adianta ter tudo no papel e não colocar em prática. O processo de comunicação não para. Em conclusão, é importante revisar a planejamento sempre que possível para entender se os objetivos estão sendo atingidos ou até mesmo se precisam ser alterados. 

Quer contar com profissionais de comunicação para executar seu plano de comunicação? Fale com um especialista!